sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Chéri

Na Paris do começo do século XX, Léa de Lonval (Michelle Pfeiffer) aproveita os recursos que conseguiu reunir pelos anos em que trabalhou como cortesã. Apesar de já não ser uma jovem mulher, ela sabe que ainda possui muito da beleza que tinha. O contrário é sua amiga, Madame Peloux (Kathy Bates), que por não ser mais bonita acabou se tornando uma mulher amarga e rancorosa. Quando Chéri filho de Peloux, está com 19 anos, ela decide que a pessoa ideal para ensiná-lo sobre a vida é a ex-colega. As duas então fazem um acordo, para que Léa tenha um relacionamento com o garoto, fazendo com que ele se torne um homem.

Seis anos depois, no entanto, Léa e Chéri continuam juntos, mesmo que o acordo deveria durar apenas poucas semanas. Sem saber, Madame Peloux arma com sua amiga Marie-Laure, também ex-cortesã, para casar o jovem com a filha desta, a adolescente Edmée. Apesar de ser contrário à união, o garoto não tem o que fazer e precisa seguir os conselhos da mãe. Com a proximidade do casamento, a relação entre Léa e Chéri se torna cada vez mais difícil, e eles percebem que não conseguem mais viver um sem o outro.

Dirigido por Stephen Frears, de A Rainha, Chéri é a adaptação para o cinema do romance de Colette, escritora francesa do início do século XX. O roteiro é de Christopher Hampton, de Desejo e Reparação, e que foi premiado com o Oscar por Ligações Perigosas, também dirigido por Stephen Frears e protagonizado por Michelle Pfeiffer. Pelo filme, a atriz recebeu sua primeira indicação ao Oscar, em 1989.

Romance - 14 anos

Diretor: Stephen Frears
Elenco: Michelle Pfeiffer, Kathy Bates, Rupert Friend
Nome Original: Chéri
Ano: 2009
País: ING/ALE
Duração: 100 minutos


Veja o Trailer de Chéri

Astro Boy

No futuro, na cidade espacial de Metro City, o grande cientista Dr. Tenna perde seu filho e decide construir um robô para substituí-lo. Assim, ele cria o Astro Boy, um menino com o melhor das características humanas, movido por uma grande fonte de energia dentro de si. Como ele acaba não correspondendo ao afeto que o cientista tinha pelo filho, causando ainda mais dor no homem, ele é expulso e obrigado a aprender sozinho a viver como um robô e encarar a realidade de que ele não é um ser humano. Ao mesmo tempo, ele passa a ser perseguido pelo Presidente Stone, que quer roubar sua energia para dominar o mundo.

Enquanto foge das tropas do poderoso homem, o robô acaba indo parar na Terra, onde fica ainda mais confuso sobre a sua real condição. Com a presença de tantos humanos, Astro Boy se passa por um deles, e acaba voltando a se assumir como um ser humano. Assim, ele acaba sendo adotado por um homem, que na verdade é o chefe de uma gangue, e apenas quer que o robô lute em uma arena. Sem usar de violência, Astro Boy acaba conquistando o público, chamando a atenção de Stone, que volta a perseguí-lo. Agora, o menino-robô terá que, ao mesmo tempo em que aceita sua verdadeira identidade, enfrentar um poderoso inimigo e salvar o mundo.

Criado em 1951, pelo cartunista japonês Osamu Tezuka, Astro Boy é um dos mais antigos símbolos da cultura pop internacional. O personagem virou desenho animado em 1963, teve uma nova série produzida em 1982, e uma terceira em 2003, desta vez realizada nos EUA. Durante a pesquisa para o filme, uma co-produção entre EUA, Japão e Hong Kong, o diretor David Bowers descobriu que Osamu foi fortemente influenciado pelo filme Pinóquio, da Disney, de 1940.

Animação/Aventura - Livre

Diretor: David Bowers
Elenco: (animação)
Nome Original: Astro Boy
Ano: 2009
País: EUA/JAP/HON
Duração: 94 minutos

Veja o trailer de Astro Boy

Amor Sem Escalas

Desapegado, o executivo Ryan Bingham (George Clooney) tem como seu maior hobby viajar. Trabalhando em um escritório terceirizado que ajuda chefes de empresas em crise a demitir seus funcionários, ele passa a maior partes de sua vida voando pelo país, e raramente é encontrado em casa. Assim, ele não precisa ter relações mais duradouras com ninguém, nem mesmo com suas irmãs. E, até no amor, suas relações são casuais e sem qualquer tipo de compromisso.

Tudo muda, porém, quando a jovem Natalie Keener começa a trabalhar com ele. Querendo mostrar serviço, ela sugere ao chefe que economize nas viagens, e que faça todo o trabalho através da internet. A possibilidade de não poder mais viajar aterroriza Ryan, que já não consegue imaginar sua vida longe dos aeroportos. A incerteza sobre seu futuro na empresa, junto com a proximidade do casamento de sua irmã caçula, e sua relação com a bela Alex, faz com que Ryan passe a questionar se vale mesmo a pena não querer se apegar a nada.

Amor Sem Escalas é o terceiro filme do elogiado cineasta Jason Reitman, de Obrigado Por Fumar e Juno. O filme foi indicado a seis categorias no Globo de Ouro, se consagrando com o prêmio de melhor roteiro. A história foi baseada no livro de Walter Kirn, e adaptada por Jason e Sheldon Turner. Para o papel de Natalie, interpretada por Anna Kendrick, foram cogitadas as atrizes Emily Blunt e Ellen Page.

Drama/Comédia - 12 anos

Diretor: Jason Reitman
Elenco: George Clooney, Vera Farmiga, Anna Kendrick
Nome Original: Up in the Air
Ano: 2009
País: EUA
Duração: 109 minutos

Veja o trailer de Amor Sem Escalas

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Não, Minha Filha, Você Não Irá Dançar

Sem conseguir ter qualquer controle sobre sua própria vida, Lena (Chiara Mastroianni) abandona seu marido Nigel, e decide fugir com seus dois filhos, Anton e a pequena Augustine. Sem ter para onde ir, a mulher logo decide deixar Paris e voltar para Bretanha, no interior, onde fica a casa onde passou sua infância.

O reencontro com seus pais é mais difícil do que Lena imaginava. Em uma casa cheia, com seus pais, irmãos e sobrinhos, ela sente dificuldade em voltar a dominar sua vida. Tudo piora quando sua mãe decide tentar ajudá-la. Para isso, ela chama Nigel para passar as férias junto com eles, em uma tentativa de que o casal volte a se entender e Lena possa voltar para casa.

Filha do galã italiano Marcello Mastroianni e da musa francesa Catherine Deneuve, Chiara Mastroinanni protagoniza Não, Minha Filha, Você Não Irá Dançar, de Christophe Honoré, o mesmo diretor de Em Paris e Canções de Amor. O filme, que foi exibido no Brasil no Festival do Rio e na Mostra Internacional de São Paulo, em 2009, tem a participação especial de Louis Garrel, de Os Sonhadores.

Drama - 12 ANOS

Diretor: Christophe Honoré
Elenco: Chiara Mastroianni, Jean-Marc Barr, Lou Pasquerault
Nome Original: Non ma fille, tu n´iras pas danser
Ano: 2009
País: FRA
Duração: 105 minutos

Veja o trailer de Não, Minha Filha, Você Não Irá Dançar

A Mente que Mente

Durante muito tempo, Buck Howard (John Malkovich) foi uma grande sensação por onde quer que passasse. Com o poder do mentalismo, ele se apresentava constantemente em shows em Las Vegas, além de estar sempre no programa de televisão de Johnny Carson, o Tonight Show. Porém, aos poucos, a novidade passou e ele deixou de ser o grande sucesso de antes. Se apresentando apenas em pequenas cidades, com a platéia raramente cheia, Buck continua se achando grande, e tem a certeza de que, com a equipe certa, ele logo alcançará novamente o estrelato.

Quando o aspirante a escritor Troy Gable (Colin Hanks) abandona a faculdade de Direito, precisa urgente de um emprego para se sustentar. Logo, ele acaba sendo chamado para trabalhar como assistente de Buck. O trabalho ao lado de um fracassado mentalista, no entanto, não parece ser o serviço ideal para um jovem como ele, mas ao contrário de qualquer expectativa, Howard volta a fazer parte do imaginário americano. O homem, então conquista novamente a mídia e se mostra como um excelente professor para o inseguro Troy.

Produzido por Tom Hanks, A Mente Que Mente tem o ator em uma participação especial no papel do pai do personagem de Colin Hanks, seu filho na vida real. Colin recebeu inúmeros roteiros de seu agente e, assim que leu o deste filme quis um encontro com o diretor e roteirista Sean McGinly. John Malkovich também gostou tanto da história que, quando foi fazer o teste de maquiagem para o personagem, já chegou vestido como Buck Howard.

Comédia - 10 ANOS

Diretor: Sean McGinly
Elenco: John Malkovich, Colin Hanks, Tom Hanks
Nome Original: The Great Buck Howard
Ano: 2008
País: EUA
Duração: 90 minutos

Veja o trailer de A Mente que Mente

Vício Frenético

O Tenente Terence McDonagh (Nicolas Cage) costumava ser um bom policial, apesar de sempre se achar acima da lei. Em uma ocorrência para salvar um criminoso da morte, porém, ele sofre um acidente que o faz passar o resto da vida tomando o analgésico Vicodin para dores na coluna. Sua rotina corrida e estressante faz com que ele precise cada vez mais aumentar a dose do medicamento e acabe se viciando nele e em cocaína. Aos poucos, Terence usa o seu poder como policial para apreender drogas para uso próprio, em um Vício Frenético que parece não ter mais fim.

Quando uma família de haitianos é assassinada na periferia de Nova Orleans, Terence parece ser o policial ideal para a missão. Logo ele descobre que o responsável foi o perigoso traficante Big Fate, mas que só poderá levá-lo para a cadeia se conseguir proteger o garoto Daryl, única testemunha do crime, até o dia do julgamento. A missão fica mais difícil quando Terence descobre que sua namorada, a garota de programa Frankie (Eva Mendes), foi espancada por Justin, um cliente, e decide ir com o menino para tirar satisfações. Com a fuga de Daryl, que já não confia no irresponsável policial, e com os capangas do poderoso pai de Justin em sua cola, Terence precisa de um plano infalível para se livrar de todos os seus problemas.

Apesar do título e da sinopse de Vício Frenético serem os mesmos do clássico de Abel Ferrara, de 1992, o diretor desta nova versão, o alemão Werner Herzog, afirma que seu filme nada tem a ver com o anterior, que ele sequer assistiu. A polêmica chegou a gerar discursos inflamados de Ferrara contra os produtores do longa. Herzog, no entanto, já está acostumado com polêmicas. Na década de 1980, o diretor apostou com o documentarista Errol Morris que este não conseguiria concluir o filme Gates of Heaven. Como este conseguiu, o alemão comeu seu próprio sapato em frente às câmeras, no que posteriormente também virou um documentário.

Policial - 18 ANOS

Diretor: Werner Herzog
Elenco: Nicolas Cage, Eva Mendes, Val Kilmer
Nome Original: Bad Lieutenant: Port of Call New Orleans
Ano: 2009
País: EUA
Duração: 121 minutos

Veja o trailer de Vício Frenético

Onde Vivem os Monstros

Vivendo com sua mãe e a irmã mais velha, o jovem Max acredita que não é bem compreendido pelos que o cercam. Com muita imaginação, ele vive diversas aventuras, mas nunca encontra quem também embarque com ele em suas brincadeiras. Uma noite, quando espera que sua mãe viva com ele mais uma de suas aventuras, Max percebe que ela não virá, então passa a fazer malcriações e desobedecê-la, até ser mandado ao seu quarto de castigo sem jantar.

Inconformado, munido de sua fantasia de lobo, o menino decide fugir de casa e rouba um pequeno barco. Depois de velejar por horas, Max chega a uma ilha Onde Vivem os Monstros. Assustado a princípio, ele logo percebe que não será um problema viver ali, já que assim como ele, os monstros também gostam de bagunça e não querem nenhuma regra. Em pouco tempo, o humano conquista a admiração de todos da ilha e é coroado o rei do lugar, podendo fazer tudo aquilo que sempre quis.

Se identificando principalmente com o grandalhão Carol, Max aproveita sua nova vida desregrada para bagunçar sem medo de ser punido. Aos poucos, porém, o novo rei dos monstros vai causando cada vez mais problemas para os antigos moradores. A mau humorada Judith acha que ele dá atenção demais a Carol e esquece dos outros, enquanto KW não se sente bem em viver com tanta bagunça, e decide abandonar o grupo. Ao mesmo tempo em que percebe que a vida precisa de regras, Max começa a sentir saudades de sua antiga vida.

Primeiro filme infantil do cineasta Spike Jonze, Onde Vivem os Monstros é adaptado do livro clássico de Maurice Sendak. Apesar de pouco conhecido no Brasil, a obra teve mais de 18 milhões de exemplares vendidos apenas nos EUA. Jonze é considerado um dos grandes nomes da nova geração do cinema. Diretor de Quero Ser John Malkovich e Adaptação, Spike também dirigiu diversos videoclipes de artistas como R.E.M. e Bjork. Para filmar as cenas com monstros, o cineasta usou atores fantasiados e usou o computador apenas para dar realismo às suas expressões faciais.

Drama - 10 ANOS

Diretor: Spike Jonze
Elenco: Catherine Keener, Max Records, JaMark Ruffalo
Nome Original: Where the Wild Things Are
Ano: 2009
País: EUA
Duração: 101 minutos

Veja o trailer de Onde Vivem os Monstros

Related Posts with Thumbnails
Ocorreu um erro neste gadget
Template by - Abdul Munir | Daya Earth Blogger Template | Política de Privacidade